Calendário do PIS 2020, confira o seu aqui.

Para quem não sabe PIS é a sigla para Programa de Integração Social. Pasep é a sigla para Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público. São programas pelos quais as empresas e órgãos públicos depositam contribuições em um fundo ligado aos seus empregados, o fundo do PIS/Pasep.

De onde vem este dinheiro?

O dinheiro desse fundo atualmente vai para o FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador), que paga benefícios como o abono salarial e o seguro-desemprego.

Entre 1971 e 1988, os depósitos das empresas e órgãos públicos eram feitos em nome de cada um dos trabalhadores, em contas individuais do Fundo PIS/Pasep. Cada trabalhador, então, era dono de uma parte (cota) no fundo. Portanto, quem trabalhou como contratado em uma empresa ou como servidor público antes de 4 de outubro de 1988 tem uma conta no fundo PIS/Pasep. O benefício não tem relação com o abono anual salarial do PIS/Pasep.

Leia também: BOLSA FAMÍLIA REGRAS PARA 2020, E COMO FAZER O EMPRÉSTIMO.

O abono salarial dos Programas de Integração Social (PIS) do calendário dos anos 2019/2020 começou a ser pago a partir do dia 16 de janeiro, para os beneficiários nascidos em janeiro.

Pagamentos do PIS/Pasep do atual calendário começaram a ser pagos no mês de julho do ano passado e os depósitos terminam no mês de março deste ano, com direito aos saques até o dia 30 de junho. A partir de julho, deverá ter início o pagamento relativo aos anos de 2020/2021, tendo como ano base-2019.

A Caixa Econômica Federal é responsável pelo pagamento do abono salarial do PIS. Os titulares de conta individual na Caixa, com cadastro atualizado e movimentação na conta, recebem o crédito automático antecipado.

Os pagamentos são escalonados conforme o mês de nascimento do trabalhador e tiveram início em julho de 2019, com os nascidos naquele mês. O prazo final para o saque do abono salarial do calendário de pagamentos 2019/2020 é 30 de junho de 2020.

Os valores variam de R$ 84 a R$ R$ 1.039, de acordo com a quantidade de dias trabalhados durante o ano-base 2018.

O valor do benefício pode ser consultado no Aplicativo Caixa Trabalhador, no site da Caixa ou pelo Atendimento CAIXA ao Cidadão: 0800 726 0207.

A Caixa vai liberar cerca de R$ 16,5 bilhões para mais de 21,6 milhões de beneficiários até o final do calendário.

Quem tem direito ao saque:

Para poder receber o PIS/Pasep é preciso que o trabalhador tenha uma renda máxima de até dois salários mínimos e também apresente um tempo de trabalho, com carteira assinada, por 30 dias em 2018.

Além disso, é preciso estar inscrito PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e manter os dados atualizados pela empresa contratante na Relação Anual de Informações Sociais (Rais), ano-base 2018.

Aqueles que estiverem em dúvida se têm ou não direito ou renda no benefício, pode consultar pelo telefone 0800-726-02-07 da Caixa.

Além disso, é possível também ter acesso às informações por meio do site caixa.gov.br/PIS. Basta selecionar a aba Consultar Pagamento, informar o número do NIS (PIS/Pasep) e os dados serão liberados.



No caso dos servidores públicos que recebem o Pasep, é preciso conferir se o depósito foi feito em suas contas. A consulta também pode ser virtual no site do BB.

Caso o valor não tenha sido creditado, será necessário ir até uma agência do Banco do Brasil para rever a situação. Para isso, basta apresentar a documentação pessoal. O contato para maiores informações sobre o Pasep é 0800-729 00 01.

Calendário 2019/2020

Como saber se tem direito?

Para saber se tem direito ao abono salarial, é possível fazer a consulta das seguintes maneiras: PIS (trabalhador de empresa privada):

  • no Aplicativo Caixa Trabalhador no site da caixa (www.caixa.gov.br/PIS), clique em “Consultar pagamento”
  • pelo telefone de atendimento da Caixa: 0800 726 0207 pelo telefone 158 da central de atendimento do Ministério do Trabalho nos postos da Superintendência Regional do Trabalho, antiga DRT Pasep (servidor público):
  • pelos telefones da central de atendimento do Banco do Brasil: 4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas); 0800 729 0001 (demais cidades) e 0800 729 0088 (deficientes auditivos)
  • pelo telefone 158 da central de atendimento do Ministério do Trabalho nos postos da Superintendência Regional do Trabalho, antiga DRT.

Onde é feito o saque?

Funcionários de empresa privada, com Cartão Cidadão e senha cadastrada: o saque pode ser feito em caixas eletrônicos da Caixa ou em lotéricas Não tem o Cartão Cidadão?

O saque é feito em uma agência da Caixa, com documento de identificação. Para os correntistas da Caixa Economica Federal, o abono será depositado diretamente na conta, caso haja saldo acima de R$ 1 e movimentação

Leia também:  CARTÃO DE CREDITO SEM COMPROVAR RENDA.

Já para o saque é feito nas agências do Banco do Brasil, com documento de identificação. Servidores correntistas do banco recebem o dinheiro diretamente na conta.

Quem tem conta em outro banco pode fazer a transferência sem custo em uma agência do BB ou pela internet. Mais informações sobre o Pasep podem ser obtidas pelo telefone do BB: 0800 729 0001.

Quem possui o Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir a uma casa lotérica, a um ponto de atendimento CAIXA Aqui ou aos terminais de autoatendimento da CAIXA. Caso não tenha o Cartão do Cidadão e não tenha recebido automaticamente em conta CAIXA, o valor pode ser retirado em qualquer agência da CAIXA, apresentando o documento de identificação oficial com foto. O trabalhador com vínculo a empresa pública possui inscrição PASEP e recebe o pagamento pelo Banco do Brasil.

Quando sacar o dinheiro?

O saque do abono salarial é liberado aos poucos, conforme a data de nascimento trabalhadores de empresas privadas ou o número de inscrição no Pasep servidores públicos.

As datas de pagamento variam a cada ano.

O que acontece com o dinheiro não sacado?

Quem perde o prazo de saque do abono salarial fica sem o dinheiro, que vai para o FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador). Porém, já houve casos de trabalhadores que conseguiram na Justiça o direito de receber o dinheiro após o fim do prazo.

6 comentários em “Calendário do PIS 2020, confira o seu aqui.

    • 25 de março de 2020 em 12:59
      Permalink

      Gostaria de saber se o PIS que devo receber em outubro pois estou desemprega este ano mas trabalhei ano passado tenho direto

      Resposta
  • 7 de fevereiro de 2020 em 09:28
    Permalink

    Obrigada pelas informações

    Resposta
  • 12 de fevereiro de 2020 em 07:11
    Permalink

    Porque quem recebia um salário esse ano só está recebendo 300 e pouco se está registrada a anos???

    Resposta
  • 19 de março de 2020 em 10:57
    Permalink

    Boa tarde, como eu vou sacar o meu PASEP se eu só saco o dinheiro na boca do caixa? Eu não tenho conta no banco do Brasil e sou servidor público. Meu banco e Santander. E o banco do Brasil estão fechados ? Como faço pra sacar meu PASEP?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *