Dicas de viagem no inverno em Santiago

Quem aí não gosta de programar uma viagem no friozinho, com um bom vinho, excelente gastronomia, ótima companhia e uma porção de atividades de neve para se divertir? E por isso, hoje vamos dar várias dicas de viagem para quem quer curtir Santiago no Chile, que reúne tudo isso em seu inverno e muito mais!

O período de inverno em Santiago é entre 20 de junho a 22 de setembro e suas temperaturas variam de -5 graus a 15 graus aproximadamente, porém isso na cidade e arredores, pois nas estações de esqui, as temperaturas podem chegar a -15 graus. Já a temporada de neve irá variar anualmente, porém compreende o meados de junho e meados de setembro, podendo a mãe natureza antecipar ou atrasar este período.

Porém vale lembrar, que em Santiago não neva, então para realmente aproveitar este efeito climático, somente subindo para as montanhas e visitando uma das estações de esqui. Fica a dica no nosso blog sobre isso, para que não haja frustrações em meio a viagem.

E falando nelas, vamos começar dando as dicas das estações de esqui no Chile, que ficam bem próximas de Santiago. São quatro:

  1. Farellones.
  2. El Colorado.
  3. La Parva.
  4. Valle Nevado.

Todas ficam aproximadamente 50 km de distância da capital chilena. Por isso é possível fazer este passeio com ida e volta no mesmo dia para Santiago, porém além de cansativo, a estrada é bem sinuosa e com muitas curvas, então aconselhamos sempre a reservar dois ou três dias com hospedagem no local para aproveitar bem e de forma segura.

Estações de esqui

Outra dica sobre as estações de esqui, é para aqueles que não gostam de esportes mais radicais ou não possuem aptidões de esquiada e querem apenas se divertir, assim como aqueles que estão com crianças pequenas, aconselhamos a visita a estação Farellones, que possui um parque de neve com várias atrações.

 

Já as demais são para aqueles que querem realmente esquiar e se divertir com o esporte. Todas oferecem além de traje próprio na forma de aluguel para a prática, aulas particulares e professores que acompanham na prática na hora do divertimento.

Como o passeio consome todo o dia, aproveite as opções de almoço e lanche que todas as estações oferecem. Além de restaurantes com vista para a montanha, onde é possível degustar um bom vinho apreciando a vista, há também foodtrucks espalhados pelos parques.

Não deixem de ir com roupas próprias para estes passeios, como roupas térmicas, cachecóis, gorros e botas próprias para andar neve. Sempre é importante hidratar a pele, lábios e olhos, já que o frio provoca tantas queimaduras, como o sol.

Após se aventurar nas estações de esqui, que tal fazer o passeio para as tão famosas vinícolas chilenas? Este é um passeio procurado por muitos turistas não só no Inverno, porém é nessa estação que tudo ganha um charme maior. Além da degustação de vinhos ser melhor, ainda tem o romantismo de estar em um cenário lindo.

A vinícola mais famosa é a Concha y Toro, em Pirque, que exporta vinhos de forma internacional e pode ser facilmente achada no Brasil. Vale fazer a reserva antecipada da sua visita, já que oferecida além da degustação do vinho, um tour pela vinícola, além de uma aula de produção da bebida.



E claro, não pode faltar o city tour na própria cidade da Santiago, que reserva museus e atrações incríveis para se visitar no inverno chileno.

Vamos começar para Plaza de Armas e a Catedral Metropolitana, onde é possível observar a cidade histórica de Santiago, com seus imponentes monumentos e prédios históricos. Não deixe de tirar fotos e

Visitar a Catedral por dentro. É realmente encantador!

Seguindo adiante no roteiro, não deixe de visitar um dos pontos turísticos mais famosos do país, o Palácio de La Moneda, onde fica a sede da presidência chilena. Palco do golpe de Estado de 1973 que deixou Pinochet à frente do governo do país. Não deixe de presenciar a cerimônia da troca de guarda, que ocorre em dias alternados, sempre às 10 horas.

Já para os amantes de artes, não deixe de visitar o Museu Nacional de Belas Artes, que reúne um acervo de mais de 5 mil peças de exposição, além de amostras itinerantes. Muitas obras contam a história chilena e estrangeira em diversos períodos e épocas. O museu está localizado no centro do Parque Florestal e rende um excelente caminhada pela área verde.

Mercado central

E claro que na hora que a fome bater, visite o Mercado Central, onde será possível se deliciar com os frutos do mar e conhecer a famosa Centolla, comida típica chilena, que é um delicioso caranguejo gigante. Recomendamos o restaurante Donde Augusto, que apesar do preço um pouco mais salgado, vale super a pena. O mercado é bem cheio e movimentado, além de vender produtos alimentícios locais! Entre no clima e divirta-se!

Já que estamos falando de comida.

Vamos dar algumas dicas da boa gastronomia de Santiago, principalmente porque o inverno e um delicioso jantar sempre combinam!

Nossa dica vai para um jantar especial é o restaurante Mestizo. O local além de sofisticado e com um ambiente refinado, tem um alto padrão de custo, porém vale cada centavo quanto nos deparamos com seus pratos saborosíssimos. Localizado entre Las Condes e Vitacura, seu menu oferece uma variedade de frutos do mar e peixes, ceviches e até a até a centolla trazida direto da Patagonia. Para aqueles que não gostam destas especialidades, também é possível encontrar no cardápio, massas, carnes e frangos. E não deixem de pedir a carta de vinhos e escolher um dos produtos nacionais.

Uma outra ótima opção de restaurante é o Giratório, que como o nome já diz, o almoço ou o jantar vem acompanhado de uma belíssima vista para Santiago. Os valores não são salgados e possui opções bem saborosas.

Já para os amantes da boa pizza, vá ao Tiramisú. Localizado em Las Condes, faz um enorme sucesso devido ao custo-benefício que oferece. As pizzas são consideradas individuais, porém são bem grandes. Então se não estiver com muita fome, pode tranquilamente dividir!

E por fim, um local que agrada a todos, principalmente se sua viagem for com um grupo grande, o Patio Bellavista será a melhor escolha. Reúne diversos restaurantes, bares, fastfood, além de lojinhas de artesanatos locais.

Santiago e todas os demais locais do Chile possuem estas e muito mais atrações. É um país lindo, cheio de riquezas naturais que valem sempre a nossa visita! Não deixe de conferir isso e muito mais em nosso blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *