ESTRATEGIAS PARA CONSEGUIR TRABALHAR EM UMA EMPRESA BILINGUE.

O sonho de muitas pessoas é conseguir um emprego em uma multinacional. Com certeza isso é sinônimo de sucesso na nossa sociedade. Mas como conseguir ingressar em uma multinacional?

Um dos grandes desafios está na interação e na chefia por pessoas de outras culturas. É diferente de uma nacional onde o poder é mais centralizado, mesmo atuando em diferentes estados.

Essas dicas a seguir são indispensáveis para quem quer conseguir um lugar em uma multinacional.

Então vamos seguir cada uma delas! A importância de seguir estas dicas e a diferença entre você e outro candidato, então fica a dica abaixo

  1. Domínio da língua

É importantíssimo ter domínio da língua inglesa e estar pronto a estudar e aprender mais sobre a cultura do país de quem o chefia. Você precisa se preparar para isso.

E para isso o que não falta, e excelentes escolas e cursos.

  • Ouvir mais do que falar

Preste muita atenção a tudo que acontece, esteja atento e fale pouco, pense sobre as coisas. Uma multifuncional é um terreno de multidesafios e nessas horas é melhor cautela e análise. Ou seja seja um analista, observe tudo e a todos, aprenda com isso.

  • Cumprimentos

Cuidado ao cumprimentar o seu CEO pois os cumprimentos são muito variáveis nas diferentes culturas, pesquise e saiba com quem está lidando primeiro.

No mínimo espere a reação do CEO antes de sair cumprimentando.

O interessante dessa dica, e que você devera se colocar no papel de outra pessoa ou seja usar a empatia.

  • Discrição

Seja discreta nesse primeiro momento, principalmente na escolha da vestimenta, opte por algo mais padrão.

Esta e a chave ser discreto, não se mostrar, com o tempo você poderá se sentir mas a vontade,

Depois, com o tempo você vai analisando o local de trabalho e identificando as vestimentas mais adequadas. Não utilize coisas muito pessoais nos primeiros contatos, isso pode gerar antipatia do entrevistador.

Por exemplo, chaveiros ou roupas com personagens favoritos, ídolos da música, políticos etc. podem gerar uma antipatia instantânea se o entrevistador não gostar das mesmas coisas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *